As consultas a cidadãos serão realizadas em cinco países: Lisboa (Portugal), Valência (Espanha), Vicenza (Itália), Trnava (Eslováquia) e Lodz (Polónia). Procuramos garantir a participação de 100 cidadãos em cada país: voluntários selecionados e representantes de diferentes grupos sociais, tomando em consideração o género, idade, nível educacional, minorias étnicas, pessoas com deficiências físicas e carreiras profissionais.

As consultas explorarão o entendimento dos cidadãos sobre quatro tópicos selecionados: vacinas, uso de medicina complementar e alternativa (CAM), organismos geneticamente modificados (OGMs) e segurança alimentar e mudanças climáticas.

As consultas serão realizadas entre setembro e novembro de 2019. Uma consulta-piloto será realizada em Barcelona em março de 2019.